Limpeza mental: Como fazer?

limpar_menteQuando escuto a palavra limpeza, já imagino uma boa e forte faxina, daquelas de suar a camisa e dar aquela sensação de alívio quando terminamos (parecidas com aquelas de final de ano). Quando proponho uma limpeza mental, a reflexão que pretendo promover é sobre o quanto fazemos ou deixamos de fazer essa faxina dentro da nossa própria cabeça.

Muitas vezes nos deparamos com pensamentos negativos, atrasados, limitados, resistentes, medrosos, covardes e tantos outros que não nos ajudam em absolutamente nada. Minha pergunta para vocês é: o que fazemos diante desses pensamentos e sentimentos?

Para Freud, criador da psicanálise em seu livro “O ego e o id e outros trabalhos” (1923-1925), a chave da boa saúde mental está em diminuir a pressão dos sentimentos negativos falando sobre eles e liberando-os de maneira controlada dentro e fora do tratamento. Isso significa que é preciso uma forma adequada para que essa liberação de sentimentos e pensamentos aconteça. Não adianta falar sobre seus sentimentos depreciados para qualquer pessoa ou na internet sem objetivo, isso não terá o efeito terapêutico saudável. Pelo contrário, pode acarretar em reforço do estado negativo, visto que você se envolve cada vez mais com lamúrias e reclamações.

Diante disso, quero propor um exercício de autorreflexão para que você consiga praticar sua limpeza mental diariamente. Existem muitas estratégias, e em cada psicólogo que você frequentar, você conhecerá e descobrirá uma forma. Aqui, vou contar para você uma técnica que uso muito em meu consultório.

O exercício de limpeza mental exige que você pratique a seguinte sequencia de atitudes:

  1. Reserve um momento do dia para que tenha 10 minutos para você mesmo.
  2. Defina o motivo que te leva a fazer a limpeza.
  3. Identifique quais pensamentos/sentimentos te prejudicam.
  4. Reconheça quais pensamentos/sentimentos te fortalecem.
  5. Descubra sua estratégia para usar os pensamentos/sentimentos que te fortalecem para reciclar ou deletar os que te prejudicam.

Quando dizer, registre com a #atitudedodia e compartilhe conosco os resultados da sua limpeza mental.   Praticar este exercício te ajudará a perceber que as respostas para seus problemas e desafios diários estão dentro de você. Procure um psicólogo para te auxiliar, pois mudar a forma de pensar não é algo que se faz da noite para o dia e precisar de ajuda é muito mais comum que imaginamos. Boa sorte e creia em sua capacidade de mudar seus pensamentos, para que assim, mude seus comportamentos.

Zora Adrianne G. Viana
Psicóloga, CRP 06/113561
Coach, Psicodramatista e Orientadora Vocacional e Profissional
e-mail: zoraviana@atitudemocional.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s