Afinal, o que fazer com a estatística?

Oi, meu nome é Patricia Eliza, tenho 19 anos e eu sou uma estudante de psi. Nesse espaço vou contar algumas coisas que acontecem comigo, dificuldades e alegrias dentro do curso de psicologia. E vamos combinar que não é um curso nada fácil, mas as alegrias que temos já valem muito a pena e as dificuldades, tiramos de letra! Então, se você é estudante de psi ou já se formou e quer relembrar algumas coisas que já se passaram, será muito bem-vindo neste espaço!

A gente sempre fica na dúvida em algum momento da nossa vida sobre a profissão vamos seguir. Bom, eu escolhi a psicologia! E é no blog Atitude Emocional que você acompanhará esse ‘diário’.

Sou uma aprendiz de psi, galera!

É sempre empolgante o início da faculdade, né? Pois bem! Eu estou amando isso até agora. Alguns sustos e medos a gente sempre tem (tomara que isso seja normal) mais nada que uma boa noite de sono não resolva!

Você já está sentindo o final do ano chegando, o tempo acabando, as provas chegando? Aposto que estão desesperados! Relaxa, você não é o único, eu estou nessa também!

Minha mãe sempre me diz para pedir para os céus (hahaha) mais vamos combinar, né?! Você ir para uma prova, que você sabe tuuuudo não dá uma confiança a mais? Mas a gente sempre acaba deixando para última hora (eu deixo, confesso). Mais nunca é tarde para mudar, certo? Isso eu estou tentando mudar, juro! Rs

Não sei se vocês têm exatamente a mesma matéria que eu mais tenho Estatística. Gente, é duro, viu?! Sério! Na primeira aula eu pensei: Como assim em psicologia UMA COISA TOTALMENTE DE HUMANAS tem a matéria Estatística?

Estou penando até hoje, viu? E juro que ainda não entendo 100% do que Estatística tem a ver com Psicologia. Dizem que a gente só vai ver isso a partir do terceiro ano. Bom, vamos ver, né? Mas confesso que neste momento está sendo difícil. Quem não tem aquela matéria que nunca desejou ter na vida? Acontece, né? Mas, mesmo assim, não queremos desistir afinal, é a nossa profissão que esperamos tanto tempo para estudar e seguir para o resto de nossa vida.

E vocês tem alguma dificuldade em alguma matéria? Deixem seus comentários e vamos estudar porque as provas finais estão chegando!

#atitudedodia Nunca desista dos seus objetivos! Corra atrás, pois as dificuldades sem veem e será uma felicidade você olhar tudo o que passou para que seu desejo se realizasse!

Patrícia Eliza

Estudante de PSI – 1º ano.

Midias sociais: @aprendizdepsi

[email protected]

 

3 pensamentos sobre “Afinal, o que fazer com a estatística?”

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *