Como ter atitude na vida?

Sempre reflito muito sobre essa desagradável capacidade que nós temos de começar e abrir mão no meio do caminho ou de persistir e próximo da conquista jogar tudo pro alto e até mesmo de conseguir o que queremos e não aprender nada com nossa caminhada. Se você também faz esse tipo de reflexão, vale a pena continuar lendo essa matéria.

Aprendo e vejo em meus atendimentos e palestras todos os dias que todos nós temos a capacidade de começar, seja um desafio, uma superação, algo novo, uma decisão e até mesmo aquelas grandes mudanças que a vida nos desafia. Por isso, penso que o fundamental é começar a pensar sobre o que nos faz começar, continuar e concluir algo que nos propomos a fazer.

Quero te propor algo diferente, experimente analisar o quanto você pratica #atitudemocional em sua vida, que nada mais é que o equilíbrio entre o que você pensa, sente e faz. Vamos lá:

  1. Você costuma começar muita coisa?

Se disse que não: a primeira coisa é rever sua capacidade de sair da zona de conforto e ter atitude, porque iniciar atividades diz respeito a querer mudar e crescer pessoal e profissionalmente.

Se disse que sim: parabéns, o primeiro passo para mudança você dá com facilidade.

  1. O quanto você persiste praticando o que começou?

Se disse que nunca: está grave, realmente você precisa de ajuda nesta questão, pois a capacidade de realizar você tem, agora precisa entender o que te impede e se desenvolver para conseguir.

Se disse que às vezes: você está no caminho, mas volta e meia cai e retoma os velhos hábitos ou comportamentos que você já sabe que são inadequados. Está na hora de rever isso.

Se disse que sempre: parabéns! Você está no caminho certo de quem tem atitude e vai atrás do que deseja.

  1. O quanto você conclui o que começa?

Se foi difícil lembrar de algo que começou e terminou: as coisas não vão bem, afinal, quando começamos algo é porque sonhamos ou desejamos e não conseguir nos deixa muito chateados e cansados da vida.

Se foi fácil e você pensou que sempre termina o que começa: parabéns! Você com certeza precisa ensinar para as pessoas a sua volta quais estratégias utiliza para seguir adiante e alcançar seus objetivos.

  1. O quanto você aprende com sua jornada da vida?

Essa resposta aqui não tem certo e errado, na verdade o importante é refletir SE aprende, O QUE aprende e COMO utiliza os aprendizados em seu dia a dia.

Espero que este exercício seja útil para que você comece a entender que mudanças na vida exigem sacrifício, dedicação, empenho e negociações com você mesmo. Muitas vezes queremos coisas tão grandes e complexas que não sabemos por onde começar, mas a melhor notícia é que você pode ter ajuda para isso e aqui na Atitude Emocional nós sabemos exatamente como te desenvolver para que você alcance o que deseja em sua vida.

Com carinho,
Zora Viana | @zoraviana
Psicóloga, CRP 06/113561
Coach de Excelência e Palestrante
Pra falar comigo: [email protected]
Mídias sociais: @atitudemocional

6 pensamentos sobre “Como ter atitude na vida?”

  1. Fabíola nascimento dos santos

    Não estou feliz no meu casamento porque o meu marido não anda de mãos dadas; não quer usar aliança e não quer casar no cartório; estamos quase 10 anos e ainda gosta de dá uns perdido a noite final de semana cansei disso sou nova bonita não quero mais viver isso estou super insatisfeita.

  2. Olá Fabiola, relacionamentos são sempre desafiadores! É importante bastante diálogo, compartilhar suas expectativas e esperar o comportamento e posição do outro antes de tomar qualquer grande decisão. Nestes casos, também costumamos indicar psicoterapia de casal para auxiliar nessa comunicação. O que precisar, conte conosco! Abraços!

  3. Eu estou em um curso na universidade fazem 7 anos, reprovei em várias matérias várias vezes, meu curso não jubilou ainda porque implorei para o colegiado. Tudo porque eu não consigo ir às aulas, nem me organizar para fazer os trabalhos e provas. Falto tanto que reprovo por faltas. E não sei porque isso acontece comigo. Eu não tenho ânimo para estudar, algo sempre me faz ficar plantada em casa, arrumar uma Desculpas para não ir. É minha última chance, e estou arruinando tudo novamente. Minha vida estagnou. Eu tenho um marido e um filho maravilhosos que eu amo e são tudo o que me fazem feliz. Não tenho amigos (as) meus. Na o consigo emprego e nem me esforço em ir procurar. Não consigo dizer ao meu marido. Nem a ninguém. Não consigo decidir se a melhor opção seria mudar meu curso para EAD para tentar concluir logo e da melhor forma possível. E não sei se meu esposo concordará com uma decisão assim. Preciso de ajuda.

  4. Oi querida! Sinto muito pelo que está passando, pode acontecer com qualquer pessoa e tenha certeza que esse quadro pode mudar. Muitas pessoas nos procuram passando pelo mesmo que você e se desenvolvem muito. Nos procure no whatsapp +5511947730123 que explicamos como podemos te ajudar. Você também pode se inscrever na nossa comunidade #fazeracontecer em que enviamos áudios diferentes e motivacionais todos os dias para estimulá-los a realizar! Você pode se inscrever por aqui: https://atitudestore.com/downloads/fazeracontecerwhatsapp-2/
    Te espero! Bjos!!!

  5. Oi, meu nome é Daniel e minha vida não tem estado tão bem como costumava, eu sei que tem pessoas com problemas piores que os meus mas ainda assim quero resolve-los, alias como ajudarei os outros se eu não me ajudo? então… tenho 16 anos,completei dia 22 de fevereiro, canhoto, eu termino o 3° ano do ensino médio este ano e logo farei Enem, já ta no meio do ano e eu não fiz nada do que esperava, eu estou enganando meus pais, ao invés de estar estudando, prestando atenção no cursinho e nas aulas da escola eu to me ocupando demais com coisas inúteis que não me servirão, eu só estou fazendo o que sempre fiz empurrar com a barriga, deixar a vida me dar o que eu mereço, mas eu realmente to muito decepcionado porque eu já tentei ser uma pessoa melhor antes, varias vezes, mas meio que não passam de 5 dias. Trabalhos da escola, trabalhos do cursinho de inglês ,mais trabalhos, problemas de relacionamentos e de hiding my homosexuality, sonhos e mais sonhos a cada hora, quero aprender varias coisas e não consigo me concentrar nem em terminar o que preciso, começo a escrever um livro com meus amigos, desenhar ( que eu amo) , aprender a fazer design de personagens, quero aprender outras linguas, ginastica, aprender a atirar, natação, volei, fitoterapia, a ser mais sociavel, doce, voluntariado e uma pessoa ativa que corre atras das coisas…mas infelizmente só sou um, e esse “um” não consegue prestar atenção em uma coisa, eu no maximo consigo sonhar e eu não posso nem pensar em sonhar esse ano !!!! eu tenho problemas de esquecer coisas simples e até realmente importantes pra mim, eu não consigo formular meus pensamentos, organiza-los mesmo tentando… eu não tenho quase nenhum dia na semana livre a não ser o domingo! e o pior é que eu passo o tempo todo ocupado sem me dedicar 100%. hoje a vida me mostrou tres amigas minhas, que correm atras do que elas querem e conseguem ter forças pra batalhar, e eu quero batalhar, mas não sei como!!! talvez eu precise só tomar vergonha na cara… por favor HELP

  6. é o daniel de novo… as vezes eu só queria um hipnologo ou alguma droga pra me fazer realizar tudo isso sabe? queria dormir e acordar com tudo perfeito de novo…. como um dia foi

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *