COMO MANTER UMA RELAÇÃO? 

Como vocês sabem, a Daniela Martins do @escutaclinica escreve sobre relacionamentos aqui no blog! E dessa vez ela vai dividir em duas partes, uma vocês conferem hoje. A próxima na próxima coluna, daqui 15 dias! 😉 Aproveitem que a matéria que está ótima! 

“O tema foi sugerido pelo instagram, como sempre digo não tem receita pronta, cada um tem que achar a suaprópria fórmula. De qualquer forma tem alguns pontos básicos que podem ajudar aqueles com questionamentos sobre o assunto. 

Antes de se preocupar em manter a relação, primeiro responda as perguntas abaixo, SEM pensar muito,independente de achar que a resposta é óbvia ou não, a espontaneidade aqui é fundamental, responda o que vier na sua cabeça, ok?

1. Você quer estar nessa relação? 
2. Esta relação é boa para você? 
3. Você se sente amado(a) e respeitado(a)?
4. Você sente atração física pelo seu parceiro(a)?

Respondida as perguntas, você tem algumas opções, se todas as respostas foram “SIM” você pula para a segunda parte do texto, que será publicado em breve.  

Se as respostas foram todas “NÃO”, ou apenas 1 e 2, se pergunte o que está fazendo nessa relação, e porque quer manter algo que não lhe faz bem. 

Se a resposta negativa foi apenas a 3 e você quer continuar nessa relação, mesmo sofrendo, procure ajuda de um psicólogo ou psicanalista. 

Se a negativa foi apenas a 4, é preciso investigar como está a sua relação com o seu corpo, a sua sexualidade, a sua libido, se ela está baixa apenas em relação a seu parceiro(a) ou se é de modo geral. Algumas pessoas tomam medicamentos que influenciam na libido, se não é seu caso, talvez seja o caso de ir ao endocrinologista ou ginecologista. Se a sua saúde está ok, você está bem com seu corpo, e mesmo assim não sente atração pelo parceiro(a), então uma possibilidade é usar a criatividade! Como? Vou ter que deixar para outro artigo! 

Nada na vida é definitivo, principalmente quando estamos falando de algo que envolva seres humanos, que são dinâmicos e mutantes, por consequência a relação entre nós também é assim. Se relacionar é um grande desafio, principalmente porque carregamos muitas questões pessoais, que acabam projetadas nos parceirostornando a união mais complexa do que parece ser.

Caso tenha alguma questão sobre o texto me escreva no: dampsi@gmail.com, quem sabe posso te ajudar. 

 

Daniela Martins
Psicóloga
CRP 06/1126637

midias sociais: @escutaclinica | facebook.com/escutaclinica”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s