CONTROLANDO NOSSAS EXPECTATIVAS

Pra começar bem nossa semana, decidi falar sobre expectativas. Isso é um problema recorrente nas nossas vidas, seja na empresa, nos negócios, na família, nos relacionamentos conjugais, nas amizades, enfim, em todas as nossas relações. 

A grande questão é: será possível mesmo controlar as pessoas? 

Minha resposta é: não, desde que o outro não permita. 

Acredito que isso já ofereça um insight enorme, para nos fazer pensar sobre o quanto permitimos que o outro tenha controle (ou não) sobre nossa vida, e a expectativa de achar que controlamos as pessoas. 

Tudo isso para tentar mostrar pra vocês que o que precisamos realmente é gastar energia pensando em alternativas de nos relacionar melhor com as pessoas que amamos. Só existe um controlado, porque existe alguém que se dispõe a ser controlável. 

Vamos começar refletindo: você exerce mais qual papel? Controlador ou controlado? 

Posso dizer que muitas vezes exercemos os dois papéis e nos colocamos em situações inimagináveis, permitindo que as pessoas induzam nossos comportamentos com chantagem emocional, competição e até recompensas. É claro que muitas vezes nós também exercemos o papel de induzir e influenciar, achando que estamos controlando. 

A verdade é: ninguém controla ninguém, quando achamos que somos controlados, nós estamos tomando a decisão de permitir ser controlado. Entendem? Sempre tem uma decisão envolvida. Por isso que preparei algumas dicas práticas para estimular a reflexão de vocês. Pratique #atitudemocional: 

1.ACEITAR O QUE AS PESSOAS TEM A OFERECER

Isso significa entender perceber que as pessoas tem limites, assim como você. E esse limite pode não te agradar, pode não estar alinhado com suas expectativas, muito menos com os seus sentimentos. Isso não torna a pessoa má, ingrata, insensível… Torna a pessoa com clareza de até onde ela pode chegar. 

2.ACEITAR QUE O OUTRO TEM PODER DE DECISÃO SOBRE SUA PRÓPRIA VIDA

Tão desafiador quanto necessário. Todos nós sabemos que o ser humano possui livre arbítrio, mas absorver isso na prática não é nada fácil. Gastamos tanto tempo da nossa vida pensando em como deveria ser a vida das pessoas, as atitudes que elas deveriam tomar, as pessoas com quem elas deveriam se relacionar, o emprego que elas deveriam ter, a igreja que deveria frequentar… E, no final das contas, quem decide são as próprias pessoas. 😉 

Que tal você começar a gastar toda a sua energia para exercitar seu autocontrole? Sua força, sua coragem, suas estratégias de mudança? Que tal você se propor essa semana a praticar autoconhecimento e fortalecer sua expectativa sobre si mesmo? Você encontrará muitos benefícios se fizer realmente isso: caminhar rumo às suas metas, aumentar sua paciência e tolerância ao outro, entender os limites que você tem nos seus relacionamentos, e muitos outros que você irá descobrir. 

Vamos agir?   
Zora Viana
Psicóloga, Coach e Palestrante

CRP 06/113561

zoraviana@atitudemocional.com | 11 3392 7510 | 11 974430123

youtube.com/atitudemocional

No face: http://www.facebook.com/atitudemocional

No insta, snap e periscope: @atitudemocional

2 comentários em “CONTROLANDO NOSSAS EXPECTATIVAS

  1. Zora, estou vivendo um ano muito difícil em todas as áreas da vida… e o que mais me abalou foi a questão sentimental. Faço terapia à um ano, para tentar mudar o meu lado inseguro e de inércia, mas não vejo progresso. Obrigada pelo post.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s