Como mudar crenças limitantes em relação ao dinheiro – Parte II

Gente de Atitude!

Ficaram um bom tempo pensando sobre o que escrevi aqui na semana passada sobre as crenças não é?

Já conseguiram identificar a de vocês?

Qual crença te impulsiona?

Qual crença te impede de agir?

Vamos transformar as crenças limitantes em impulsionadoras?

Pratique #atitudenasfinanças:

1-Crença: “É muito difícil ficar rico!”

Pergunte-se: 

Para todos? Alguns? Muitos? Qual o fato que comprova isso?

Reflexão: Não, muitas pessoas ficam ricas facilmente, conhecem a máxima: quanto maior o risco, maior o retorno? Pois bem, os ricos se arriscam mais, pois tem confiança que se perderem conquistarão de novo e não é qualquer risco, é um risco calculado. 2- Crença: “Ah, mas eu não consigo!”

Pergunte-se:  

E o que aconteceria se você conseguisse? Comparado ao que você não consegue?

Reflexão: você se surpreenderá!

3- Crença: “Eu nunca tenho dinheiro o suficiente!”

Pergunte-se:

No que realmente você é bom?

O que acredita que precisa melhorar?

Como se dedicar mais a sua produtividade para ganhar dinheiro?

Em suas idéias? Nos seus negócios? Nos serviços que oferece? Na sua função na empresa?

Como desenvolver essas melhorias?

Percebem que é uma questão de atitude?

Resposta: pessoas assim, geralmente sentem que não são boas o suficiente e têm pouco a oferecer e acabam não aproveitando tudo que elas tem de bom e no que podem contribuir ao mundo.

4- Crença:

“Para eu ganhar o outro tem que perder…”

“Eu não serei uma boa pessoa sendo rico…”

“Para ficar rico tenho que agir de forma antiética…”

“Se eu ficar rico não terei amizades sinceras, tempo para os amigos, a família, para curtir, que terei que trabalhar demais.”

Pergunte-se: 

Quem disse?

Se você vende seu serviço e outra pessoa quer compra-lo, as duas ficariam felizes?

Se você compartilha o que tem de melhor, sua produtividade, suas idéias, sua experiência? Quem ganha?

O dinheiro não é bom nem ruim. Nossa percepção dele é uma crença em nossa mente. Muitos ricos chegaram onde estão, pois conquistaram com ética essa posição, e o noticiário vende o que dá audiência. A corrupção, por exemplo, mas essa não é toda a realidade. Você, certamente, já viu também muitas histórias inspiradoras de pessoas que tinham pouco e conquistaram muito, porém essas notícias aparecem com bem menos freqüência. Você pode optar por escolher amizades sinceras antes mesmo de ter muito dinheiro e continuar as cultivando depois.

Fazemos escolhas, você irá dedicar o tempo que dará para cada atividade na sua vida, porém, lembre-se sempre, cada escolha tem uma consequência e em algumas delas precisaremos abrir mão de algo, por isso decida, o que você realmente quer?

Quais crenças você quer manter na sua vida?

Ana Cláudia Rodrigues
Coach de Finanças, Economista, Administradora e Palestrante.
Especialista em te ajudar a alcançar metas financeiras.
ana@atitudemocional.com | +55 11 974430123
YoutubeFacebookInstagramPeriscope e Linkedin

Proibida reprodução sem autorização legal do autor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s