Como ser feliz no trabalho?

A infelicidade é um estado tão profundo de melancolia e paralisação que muitas vezes acreditamos que nunca mais será possível mudar aquela situação tão triste e esmagadora. Quantas vezes nos sentimos derrotados diante de um problema profissional ou um dilema que parece não ter solução? Muitas vezes! Quero dizer que tudo isso tem solução. Normalmente, quando estamos no meio do problema, parece que não terá fim e, na verdade, o que acontece é que as forças estão minadas para enxergar o final feliz.

No processo de Coaching de Excelência, recebo muitas pessoas em situações das mais diversas: jovens confusos com a carreira que escolheram, profissionais experientes que não agüentam a pressão de trabalhar com algo que não gostam, não tem mais aquela paixão inicial, empregados insatisfeitos com seus chefes e que querem montar sua própria empresa, e muitas outras. A grande questão é que todos eles têm a mesma crença limitadora: sou infeliz no trabalho.

Crenças limitadoras são todos aqueles pensamentos que nos impedem de agir, que amedronta e que pode ser observado identificando quando está diante de um problema o quanto você usa a expressão “e se….”. Geralmente são tantas opções de “se” que ficamos parados na zona de conforto e não agimos. Por isso, para mudar a situação de infeliz parafeliz no trabalho, é preciso começar a refletir sobre suas atitudes ou a falta delas que vão te fixando cada vez mais na zona de conforto.

Para te ajudar, trouxe um exercício que utilizo muito em meus atendimentos, com a referência do grande Anthony Robbins, especialista em Programação Neurolinguística, que você pode exercitar para começar a enxergar a luz no final desse túnel de desmotivação e insatisfação profissional. Para isso, pratique #atitudemocional:

Diante do seu problema/insatisfação na carreira, responda as seguintes perguntas:

  1. O que há de TÃO INCÔMODO nesta situação?
  2. O que ainda NÃO ESTÁ perfeito para você?
  3. Como a sua situação profissional DEVERIA ESTAR?
  4. O que está disposto A FAZER para que fique exatamente do jeito que você quer?
  5. O que está disposto a PARAR DE FAZER para que fique especificamente do jeito que você deseja?

Este exercício é o começo para a busca da alegria no trabalho. Para facilitar, é muito importante que você responda essas perguntas por escrito, assim você pode consultar o que escreveu em outros momentos e mudar suas respostas para que elas fiquem cada vez mais coerentes com seu objetivo que é de ir à busca da felicidade e satisfação profissional!

Vamos agir?

Zora Viana
Psicóloga, Coach e Palestrante
CRP 06/113561
zoraviana@atitudemocional.com | +55 11 974430123
youtube.com/atitudemocional
http://www.facebook.com/atitudemocional
Instagram, snap e periscope: @atitudemocional

 

Proibida reprodução sem autorização legal do autor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s