VOCÊ CONHECE A SÍNDROME DA ANGELITUDE?

Nos dias de hoje, uma das situações mais desafiadoras que temos nos processos de coaching, é aproximar o ser humano dele mesmo. Pode parecer ambíguo, mas não é!

Talvez pelo movimento das redes sociais, onde as pessoas postam apenas a “vida perfeita e feliz”, o ser humano em geral esteja com aquela sensação de que precisa ser perfeito para ser aceito. Tem que viver na perfeição angelical, porque senão está fora dos padrões da sociedade.

Sempre proponho nos processos de coaching, pequenas ações diárias que façam o coachee encarar de frente a sua consciência e tornar-se grande diante dela. Encarar a consciência, significa ser coerente entre o que se diz e o que se faz. Não adianta fazer caridade material e xingar pessoas no trânsito. Não adianta ter um ar fraterno por trás de um perfil de rede social e no trabalho tratar um subordinado com grosserias. Essas incoerências nos fazem ficar bem distantes de seres angelicais.

Então, gostaria de propor algumas pequenas atitudes que vão te levar de encontro ao ser humano que você realmente é:

  • Pague suas contas com alegria sem reclamar dos gastos que tem.
  • Procure indenizar a pessoa dona do carro que você esbarrou no estacionamento e ninguém viu. O que importa é que você sabe o que é certo fazer.
  • Pare de falar mal  algum colega de trabalho que não faz a entrega que você espera. Talvez ele esteja fazendo tudo que está ao seu alcance.
  • Cuide do seu lixo com cuidado e atenção, administre sua bagunça após usar qualquer ambiente.
  • Quando você não souber nada sobre algo que te perguntaram, seja humilde e diga: “não sei!”
  • Aceite que a grama do vizinho pode sim, ser mais bonita, mas que você só tem que cuidar da sua.
  • Tome banho no tempo necessário sem desperdiçar água.
  • Se o que você vai falar não vai ajudar a quem vai ouvir, pratique o silêncio.

Poderia enumerar mais diversas pequenas ações que vão te fazer grande diante da sua consciência, mas vou deixar como exercício para você. Complete essa lista com ações que estão ao seu alcance e que são passíveis de serem realizadas.

Lembre-se que, mesmo no sentido figurado, os anjos já foram pessoas como nós e aprenderam a fazer o melhor nas pequenas coisas. Para ser anjo, primeiro você tem que simplesmente ser gente. Que tal fazer bem feito o papel de ser humano, que é o que nos compete?

Déborah Aquino
Positive Coach e Escritora do livro Num Piscar de Olhos
Deborah@blogdadebs.com.br | 11 974430123
youtube.com/atitudemocional
http://www.facebook.com/escoladefelicidadeoficial
Instagram: @debsaquino / @escoladefelicidadeoficial

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s